• Café das Sextas: Junho 2005

    quinta-feira, junho 30, 2005

    Grande descoberta...



    «O Observatório [de Segurança de Estradas e Cidades] concluiu que o traçado e os sinais de trânsito são causa directa da sinistralidade nalgumas vias».

    «A avaliação da perigosidade de estradas como o IP4 e o Eixo Norte/Sul (que faz a ligação entre a Calçada de Carriche e a Avenida da Ponte 25 de Abril) foi feita, já este ano, por engenheiros membros do observatório de segurança.»

    «No caso de um troço de oito quilómetros do IP4, entre o Alto de Espinho e Amarante, "só uma das curvas tem um raio mínimo normal, todas as outras são muito apertadas", diz Nuno Salpico, juiz e um dos membros do conselho consultivo do OSEC.»

    Que o projecto e a execução de muitas das nossas estradas é medíocre é sabido e notório. Agora ir ao preciosismo de apontar quais os detalhes errados é novidade. É bom que se conheçam e façam conhecer os erros cometidos para que com isso se aprenda alguma coisa. E não são só os raios das curvas... São os raios das curvas, as vias de aceleração e desaceleração que não existem ou são ridiculamente pequenas, sinalização desadequada, sinalização horizontal inexistente (os traços, sim, os traços), pavimento mal executado, pavimento em avançado estado de degradação (desintegração seria melhor para caracterizar algumas das situações)...

    É certo que o português conduz mal e ainda por cima depressa. A responsabilidade pelo elevado número de acidentes rodoviários não é certamente da má concepção e execução das nossas estradas. É, no entanto, perfeitamente plausível (e a meu ver, óbvio) que as gaffes que por aí se vêm, e que chocam qualquer pessoa provida do mais básico bom senso, também propiciem o desleixar do "automobilista português".

    P.S: Esperemos que este apontar de dedos não se transforme em caça às bruxas ou arma de arremesso.

    terça-feira, junho 28, 2005

    O porquê das coisas



    Peter Jackson, o realizador, produtor, guionista e até actor da trilogia Lord of the Rings, processou a New Line Cinema.

    Segundo um advogado de Peter Jackson, a New Line Cinema ainda lhe deve qualquer coisa como 100 milhões de dólares. Isto depois de ter recebido quase 200 milhões de dólares pelo seu trabalho na trilogia.

    A questão é que o pagamento a receber por Peter Jackson é função do dinheiro ganho pela New Line Cimena tanto nas salas de cinema como na venda de DVD's, merchandise e direitos vários. Acontece que a New Line Cinema realizou muitas destas vendas a empresas do seu grupo (Time Warner) a preços que Jackon alega serem muito abaixo do valor de mercado.

    Os gajos lá na New Line são uns sabichões...

    segunda-feira, junho 27, 2005

    Pormenores

    sexta-feira, junho 24, 2005

    Sabiam?



    Esta é nova para mim.

    Nova descarga de efluentes contamina ribeira dos Milagres

    quinta-feira, junho 23, 2005

    Sobre o dinheiro dos contribuintes



    O Público noticia que "Sport TV garantiu hoje os direitos de transmissão do Mundial de Futebol Alemanha 2006".

    No entanto, caso a selecção nacional se apure "para a fase final do Mundial 2006, a Sport TV terá que obrigatoriamente renegociar os direitos de transmissão com um dos três canais generalistas (RTP, SIC e TVI), uma vez que estes jogos são considerados de interesse público e terão que ser emitidos em sinal aberto". Interesse público?!? Alguém me explica?!?

    Está-se mesmo a ver qual o canal que irá transmitir os jogos. A cerca de um ano do mundial de futebol de 2006 "arrisco-me" a prever que, caso a selecção nacional chegue à fase final, os jogos desta serão transmitidos pela RTP. Lá vão os oliveirinhas arrecadar mais uns milhões à custa do portuguesito pagador de impostos!!!

    Palavras, para que vos quero?

    quarta-feira, junho 22, 2005

    Se queres algo bem feito fá-lo tu próprio

    Em casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão

    Os japoneses, esses sabichões

    terça-feira, junho 21, 2005

    A eterna corrida

    segunda-feira, junho 20, 2005

    A bomba



    A reportagem escrita pelo jornalista americano George Weller sobre a devastação causada pela bomba atómica largada sobre Nagasaki está aqui. Consta que ele foi o primeiro jornalista estrangeiro a ir a Nagasaki depois da explosão da bomba. Na altura em que foi escrita, Setembro de 1945, a reportagem foi censurada.

    sábado, junho 18, 2005

    De pequenino é que se torce o pepino

    sexta-feira, junho 17, 2005

    "Flagrante delitro"



    Fernando Pessoa na adega de Abel Pereira da Fonseca, em 1929. Esta fotografia enviou-a ele a Ophelia Queiroz com a inscrição: «Fernando Pessoa em flagrante delitro».

    De mãos dadas



    Segundo Mário Machado, dirigente da Frente Nacional, na manifestação (ou acção de protesto, caso a manifestação não seja autorizada) do próximo Sábado "os cartazes e palavras de ordem andarão à volta de ideias como Imigração igual a crime". Está portanto completamente esclarecida a orientação daqueles que a organizam: xenofobia (antipatia ou aversão pelas pessoas ou coisas estrangeiras).

    Veja-se a ignorância desta gente: "Mesmo que não seja uma manifestação, será uma acção de protesto. O que nos podem impedir é de cortar a estrada". Cortar estradas, em Portugal, é crime! O que pode suceder é, caso a manifestação seja anunciada e autorizada, haver algum condicionamento do trânsito para que a mesma decorra em segurança.

    A direcção do Partido Nacional Renovador vai comparacer. Segundo José Pinto Coelho, dirigente do Partido Nacional Renovador, tal acontece porque o combate à criminalidade é "uma bandeira" comum a ambas as organizações (FN e PNR) mas esclarece que a Frente Nacional e o Partido Nacional Renovador "são estruturas completamente independentes". Olhando para os logótipos (FN e PNR) quem se atreve a dizer o contrário?!?

    P.S: Àqueles que são contra a imigração: espero vê-los, da próxima vez que for a um Cup&Cino, Burger Ranch ou similar, atrás do balcão ou de bandeja na mão. Fica o repto.

    quinta-feira, junho 16, 2005

    Falam falam falam...



    No passado dia 10 "cerca de 500 adultos e jovens constituídos em vários grupos entraram [...], pelas 15h00, na praia de Carcavelos, no concelho de Cascais, e assaltaram e agrediram inúmeros banhistas".

    No entanto, e apesar de terem sido efectuadas quatro detenções, os "incidentes [...] só deram origem a uma queixa".

    É caso para dizer "falam falam falam mas não os vejo a fazer nada!". Como é que se pode agora acusar convenientemente os supostos assaltantes se existe apenas uma queixa?

    P.S: A desproporção entre a envergadura dos incidentes relatados e o número de queixas apresentadas (apenas uma) é de tal forma gritante que fico na dúvida se não se trataria afinal de uma exibição de um novo desporto desconhecido pela maioria dos populares presentes.

    Será excesso de zelo?

    Efeito canino

    quarta-feira, junho 15, 2005

    Contornos legais

    terça-feira, junho 14, 2005

    Frases soltas

    "morreu comunista como resolveu sê-lo aos 17 anos."

    "Fez a primária em casa, mas aos 11 anos, a família mudou- se para Lisboa, tendo estudado nos liceus Pedro Nunes e Camões. Em 1931, com 17 anos, ingressou na Faculdade de Direito de Lisboa e, eleito representante dos estudantes de Lisboa no Senado Universitário, a sua primeira proposta foi acabar com a Mocidade Portuguesa."

    "Estudou na cela e foi à Faculdade, sob escolta policial, defender a sua tese (100 páginas, confiscadas depois pela PIDE) sobre a realidade social do aborto e a sua despenalização. Os examinadores Paulo Cunha, Cavaleiro Ferreira e Marcelo Caetano (que vieram a integrar o consulado de Salazar) deram-lhe 19 valores."

    "chegou a dar explicações a Mário Soares".

    "Esteve mais de oito anos isolado numa cela. «Quando se tem um ideal o mundo é grande em qualquer parte», lembraria mais tarde."

    "Foi operado a um aneurisma da aorta, em 1989, em Moscovo."

    "Arrebatador e apaixonado, era duro."

    "Tinha o orgulho dos que, por saberem que são muito, podem dar-se ao luxo de parecer modestos."

    "Distinto e sedutor, ouvinte atento e amante da conversa, não prescindia dos prazeres da vida. Dos petiscos à cavaqueira, dos amigos às mulheres — que sabia apreciar com discrição".

    "Sob o argumento de que a vida privada de um comunista não serve a propaganda, para o mundo havia apenas o político."

    "Possuidor de uma enorme capacidade de teorização e dominando magistralmente a arte do silogismo, dificilmente era encurralado no debate. Ainda que contra si estivesse a evidência da realidade."

    "Definiu-se, em tribunal político do Estado Novo, como «filho adoptivo do proletariado»".

    Tudo acaba

    Adenda ao Código da Estrada



    Se sofrer de doença venérea, hemorróidas, flatulência incontrolável ou incontinência, deve colocar os coletes reflectores, bem visíveis, nos bancos da frente do seu automóvel.

    quinta-feira, junho 09, 2005

    Sobre a Assembleia Legislativa da Madeira

    Em jeito de continuação deste post.

    "o dr. Jardim é um bastardo da nossa democracia" - José Manuel Rodrigues, CDS/PP-M
    caso o sr. Jardim lhe dirigi-se semelhantes numenclaturas lhe "saltava para as ventas" - Leonel Nunes, PCP
    o que o sr. Jardim precisa é de "tratamento psiquiátrico porque não está bem dos parafusos" - Roberto Almada, BE

    Evolução lógica

    Era uma vez um sr. chamado Philip Cooney. Ele era um apoiante do Instituto americano do petróleo, onde se bateu contra as restrições às emissões de gases com efeito de estufa.

    Em 2001 foi para a Casa Branca, pela mão de Bush, onde agora é um dos responsáveis do conselho para a qualidade ambiental.

    Faz sentido, não faz?

    A verdade da mentira

    Tem problemas de spam?



    Esta página foi criada por um indivíduo que afirma receber cem vezes mais spam que o Bill Gates. Filtrar um milhão de spams por dia não é tarefa fácil. De qualquer forma fica descrita a forma de dar conta do assunto.

    quarta-feira, junho 08, 2005

    "Deputados do PSD/Madeira aplaudem de pé declarações de Alberto João Jardim"



    Depois das declarações de Sábado passado (aquelas dos "bastardos" e "filhos da p[...]") a maiorida PSD na assembleia regional da Madeira aprovou um voto de congratulação pelas palavras do corta-fitas.

    No texto do voto pode ler-se: "A Assembleia Legislativa da Madeira congratula-se com o modo, mais uma vez firme, como o presidente do Governo Regional denunciou comportamentos na comunicação social de Lisboa, os quais atentam contra os direitos, liberdades e garantias dos portugueses"; eles condenam que "meios socialistas locais alinhem com os que sistematicamente insultam a autonomia política do povo madeirense" e repudiam aqueles cuja "atitude [...] violou o seu dever de solidariedade para com o também presidente da Comissão Política do PSD/Madeira".

    Essa é nova, "dever de solidariedade"! Só falta prostrarem-se à sua passagem e lamberem-lhe, literalmente, as botas.

    P.S: "As good as it gets"

    Vinganças!



    Duas irmãs chatearam-se. Uma vende o diário da outra e como resposta a segunda vende as cartas de amor da primeira. O melhor da estória é as vendas serem feitas por leilão no eBay.

    Onde é que isto vai parar?

    terça-feira, junho 07, 2005

    Princípios

    "Se isto continuar assim temos de ir roubar."
    "Pois é, Gonçalo. Ou roubar ou pedir."
    "Pedir está fora de questão, que eu sou de ascendência nobre."

    "Mourinho"

    Será que estão com medo do bicho papão?

    Quebrando a monotonia



    Nem todas as notícias que chegam de Israel são más.

    O israelita Alon Bodner inventou um sistema que possibilita respirar debaixo de água sem o recurso às tradicionais garrafas de ar comprimido. O que o sistema de Bodner faz é retirar da água o ar que nela se encontra dissolvido. Segundo o inventor, e de acordo com os cálculos realizados, uma bateria de lítio de um kilograma poderá permitir a um mergulhador respirar durante uma hora.

    Para já o invento está patenteado na Europa e a patente americana vem a caminho. Os pricipais interessados parecem ser os produtores de material de mergulho e (supresa das surpresas!) a marinha isrealita.

    No comments

    sexta-feira, junho 03, 2005

    To do list

    O Ricardo Costa (irmão do ministro António Costa) compilou uma lista de medidas que na opinião dele serviriam para "o governo salvar o défice sem nos “lixar” a vida a todos".

    Destaco as que me parecem ser as cinco melhores:
    "2. Proibir qualquer ministro de mudar o nome do seu ministério e, assim, não encomendar novo logótipo, papel timbrado, envelopes, cartões e afins.";
    "6. Não encomendar nenhum estudo a nenhuma consultora durante 1 ano. Vão ver que os preços das consultoras baixam e que os ‘power-points’ deixam de ser um chorrilho de banalidades.";
    "8. Extinguir os governos civis todos, vender os edifícios e a tralha respectiva.";
    "12. Para assustar a nossa Banca, o Governo devia deixar que o BBVA comprasse um grande banco em Portugal.";
    "14. Vender os submarinos a algum país emergente (ou submergente, como nós).".

    Os malefícios da leitura

    A Human Events (não sei quem são mas agradeço-lhes o trabalho que tiveram) apresenta no seu site uma lista dos livros mais prejudiciais dos séculos XIX e XX.

    Vou apressar-me a ler os que ainda não li!

    Sobre o pessimismo vigente...



    Ainda se fazem coisas boas por cá. A esperança é a última a morrer.

    P.S: Vejam a secção dos contactos. Brilhante!